Contingência: Gestão Bolsonaro analisa a importância de alguns projetos científicos

O governo Bolsonaro anunciou nesta quarta-feira (8) a suspensão de novas bolsas da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) para mestrados (R$ 1,5 mil) e doutorados (R$ 2,2 mil). A medida foi tomada após análises da equipe técnica educacional que detectaram títulos, pesquisas, projetos que não se enquadram dentro da racionalidade e da grade dos cursos superiores de humanas.



De acordo com o governo, o bloqueio não atingirá os estudantes que estão no meio do processo educacional, mas sim os que ingressariam como beneficiários. “Os sistemas de concessão de bolsas da Capes são fechados todos os meses para a geração das folhas de pagamento e reabertos no início de cada mês. Em maio, o sistema permaneceu fechado para ajuste da concessão de bolsas – recolhimento de bolsas que estavam à disposição das Instituições mas que não estavam sendo utilizadas no mês de abril de 2019 (bolsas ociosas, ou não utilizadas)”, afirmou o Ministério da Educação em comunicado.



O governo Bolsonaro não avisou previamente aos pesquisadores e coordenadores que faria esses cortes. O início das análises técnicas dos projetos científicos absurdos iniciaram no mês de fevereiro, e a cada projeto a degradação ética e moral dentro das UF’S incentivadas por alguns docentes de humanas, com rara exceção de exatas, ia se revelando. Com a nova medida, os concursos não serão realizados e as vagas serão congeladas.



A Capes ainda não anunciou quantas bolsas foram suspensas na ação — que atingirá não só as ciências humanas, área do conhecimento que passará por reestruturação em seu modelo científico e será prioridade na gestão, conforme declarado pelo ministro da pasta, Abraham Weintraub, mas também as faculdades de exatas e biológicas.


Coluna:

A idiotização educacional tem seu início no pré infantil, está oficializada na diretriz do MEC e perfaz um ciclo, principalmente na adolescência, culminando nos Universiótarios soldados do marxismoAcultural.

É inadmissível que a sociedade pague anos de estudo, iniciação científica, projetos, pesquisas para universitários que entende-se serem os que tomarão as rédias do futuro do país e pasmem, apresentam projetos com títulos:

PatoNoTucupi, pra EntupirTeuCúcumPato ou O Cú solitário vagando pelo lindo campo de orquídeas.

Quando a esquerda descobriu que a primeira lei do decálogo de Lênin seria a mais degradante e de maior sucesso para seu projeto de poder: “Dê liberdade sexual ao jovem e você o dominará”, concomitante com Gramsci: “Não invadam quartéis, invadam a cultura, arte, educação…”, aí vemos todos esses resultados da degradação ética e moral, seja em escolas públicas, particulares, UF’s ou simplesmente dentro de casa.

Família Bolsonaro PA

Anúncios
Categorias Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close