Polêmico recado de Bolsonaro fez Hélder Barbalho não encarar MORO

No último dia 12 (quarta-feira) ocorreu a segunda reunião dos governadores eleitos e reeleitos em Brasília, na sede do Conselho Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Na ocasião, o futuro ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro.

Lembrando que na primeira reunião Hélder Barbalho também não compareceu.

Após polêmico recado de Bolsonaro aos corruptos da merenda escolar no Estado do Pará, Hélder, que está citado na Lava Jato supostamente com o codinome cavanhaque, sente receio de encontrar Moro.

Os nomes dos envolvidos na operação “Carta Foral”, que desviaram 40 milhões de reais em diversas prefeituras paraenses, são Felippe Barbalho (primo do governador eleito do Pará) e Cristiano Vale (Dep. Federal eleito e irmão do vice governador eleito Lúcio Vale).

Bolsonaro diz no vídeo: “Moro pescava corruptos com uma varinha de pescar, e agora vai ser com uma rede de arrasto de 500 metros”

Esse recado teria deixado Hélder Barbalho receoso, pois Bolsonaro ao utilizar linguagem figurada, falou de apetrechos de pesca, deixando uma direta simples e clara para o ex-ministro da pesca Hélder Barbalho, pois além dos escândalos de corrupção durante a gestão Barbalho(MDB) Dilma(PT) ocasionou também a falência do ministério tão importante para o setor de agronegócios e social.

Assista o vídeo:

Família Bolsonaro PA
Anúncios
Categorias Sem categoria

9 comentários em “Polêmico recado de Bolsonaro fez Hélder Barbalho não encarar MORO

  1. O Sergio Bolsonaro tem que pegar primeiro os peixes de perto dele, o Ônix , o Flávio outros mais, inclusive o Presidente. Mas pro Governador e os demais citados, fica fácil se livrar do Moro, basta dizer que já se entendeu com Deus, chorar e pedir desculpas, que os crimes prescrevem instantaneamente!

    Curtir

  2. Alberto Cardoso de Queiroz 17 de dezembro de 2018 — 16:24

    Acho de suma importância a divulgação dos assuntos políticos, principalmente os relacionados ao item corrupção, onde os mesmos são investigados pela “lava jato”.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close